Budistas engajados no desenvolvimento social

Além de meditarem e ensinarem o Dhamma, monges também se envolvem em ativismos sociais. Phra Paisal Visalo explica como se deu o processo de cooperação entre a sangha e as ONGs na Tailândia.

Anúncios

Sabedoria acima da justiça

Neste texto, Thanissaro Bikkhu reflete sobre a ação social dos budistas. Segundo ele, a ideia de justiça como fundamento absoluto é eminentemente ocidental e cristã. Ele propõe que a busca por melhores condições sociais, do ponto de vista budista, seja implementada a partir da noção de sabedoria e de méritos.

Integrando a espiritualidade na política popular

Phra Paisal Visalo é um monge Theravada da Tradição Tailandesa da Floresta. Ele é abade de Wat Pah Sukato, no nordeste da Tailândia. Visalo é famoso por seu ativismo social e, principalmente, pela luta pela preservação ambiental em seu país. A Tradição Tailandesa da Floresta tem sofrido muito com a devastação da flora nacional. Neste texto Visalo discute a importância da espiritualidade no ativismo sócio-político e na preservação ambiental a partir de suas experiências como monge de floresta no interior do país.

A comunidade budista deveria se engajar em ativismos sociais? Confira nesta entrevista com Ajahn Sujato.

Em dezembro de 2016, Ajahn Sujato concedeu uma entrevista a Raymond Lam, escritor sênior do site Buddhistdoor. O monge, engajado politicamente, falou sobre várias questões sociais contemporâneas, incluindo: ambientalismo, política e direito das bhikkhunis. Confira abaixo: Uma tarde com Ajahn Sujato: coragem pessoal e a restauração do objetivo moral da Sangha por Raymond Lam O alto [...]